PRINCIPAIS

CIRURGIAS

Equipe Hospital de Olhos Criciuma

A Clínica de Olhos Criciúma possui equipamentos de tecnologia avançada que auxiliam os profissionais na realização de uma vasta gama de cirurgias.

A união de conhecimento, experiência e tecnologia garantem uma qualidade e eficiência em cirurgias e procedimentos. Confira abaixo algumas Cirurgias que realizamos:

Cirurgia de Catarata

Catarata é uma opacidade do cristalino (lente natural do olho) que impede a passagem de luz. A causa mais comum de catarata é a senil, ou seja, o envelhecimento natural do cristalino ao longo da vida.

Técnicas mais utilizadas:

  • Facoemulsificação com Implante de Lente Intra-Ocular
  • Facectomia
  • Implante Secundário de LIO

Cirurgia de Glaucoma

Trata-se de uma cirurgia dos olhos que tem como objetivo a drenagem e a diminuição da pressão intra-ocular, evitando assim lesões graves ao nervo óptico. É indicada para pacientes nos quais o tratamento clínico com colírios não é o suficiente para controlar o aumento da pressão intra-ocular e reter a evolução do glaucoma, sendo necessário o procedimento cirúrgico.

  • Trabeculectomia
  • Implante de Válvula de Ahmed

Oculoplástica

A Oculoplástica ou Cirurgia Plástica Ocular é a área especializada da Oftalmologia que cuida das alterações das Pálpebras, Vias Lacrimais e Órbitas.

  • Exérese de Calázio
  • Exérese de Cisto de Moll
  • Exérese de pequenas lesões de pálpebra
  • Blefaroplastia Superior e Inferior(tratamento cirúrgivo de Blefarocalase)
  • Simblefaroplastia (tratamento cirúrgico do Simbléfaro)
  • Cirurgia para correção de Ectrópio
  • Cirurgia para correção de Entrópio
  • Dacrioscictorinostomia
  • Reconstituição de Fórnix Conjuntival
  • Sutura de Pálpebras
  • Evisceração de Globo Ocular
  • Enucleação de Globo Ocular

Cirurgia de Retina

A finalidade da cirurgia é recolocar a retina deslocada no local correto.

  • Retinopexia Penumática
  • Retinopexia com Introflexão escleral

Cirurgia da Córnea

A córnea é a parte anterior transparente do olho. A córnea juntamente com o cristalino possui a função de focalizar a luz através da pupila em direção a retina, no fundo do olho. As lágrimas umedecem nutrem as células da córnea. Não possui vasos sanguíneos, mas diversos nervos.

Diversas situações podem afetar a córnea. As principais lesões neste tecido estão ligadas a infecções, bacterianas, virais ou originadas por fungos, além de acidentes com objetos pontiagudos, podem causar sérias lesões e úlceras a córnea.

  • Crosslinking
  • Cirurgia Refrativa
  • Anel Estromal

Biópsia

A biópsia é um procedimento feito para a coleta de fragmentos de um determinado órgão ou tecido para análise posterior por um médico patologista. Quando solicitada, a biópsia é parte importante do processo de investigação de uma doença, o que possibilita o diagnóstico e fornece informações que contribuem para a escolha da conduta terapêutica adequada.

  • Biópsia de Conjuntiva
  • Biópsia Córnea
  • Biópsia de Esclera

Cirurgias Relacionadas ao Trauma Ocular

Trauma ocular é o nome da doença causada por acidentes com os olhos que incluem pancadas, perfurações e queimaduras. O oftalmologista deve examinar o olho e determinar se há lesão. Em casos mais graves ou de traumatismo craniano primeiro o paciente deve estar estável para que possa examinado. O oftalmologista vai medir a visão e determinar se o olho foi afetado pelo trauma.

  • Cirurgia para perfuração ocular
  • Sutura de Esclera
  • Sutura de Conjuntiva
  • Sutura de Córnea
  • Retirada de Corpo Estranho da Câmara Anterior do Olho
  • Reconstrução de câmera anterior do olho

Cirurgias da Conjuntiva

A conjuntiva é o revestimento fino e resistente que cobre a parte posterior da pálpebra e se prolonga para trás para cobrir a esclerótica (o branco do olho). É uma camada transparente que serve como proteção de corpos estranhos e de infecções (conjuntivites).As cirurgias conjuntivais são realizadas normalmente para a remoção de pterígio, cistos ou tumores na conjuntiva, transplante da conjuntiva devido a lesão.

  • Exérese de Pterígio
Cirurgia de Catarata

Catarata é uma opacidade do cristalino (lente natural do olho) que impede a passagem de luz. A causa mais comum de catarata é a senil, ou seja, o envelhecimento natural do cristalino ao longo da vida.

Técnicas mais utilizadas:

  • Facoemulsificação com Implante de Lente Intra-Ocular
  • Facectomia
  • Implante Secundário de LIO
Cirurgia de Glaucoma

Trata-se de uma cirurgia dos olhos que tem como objetivo a drenagem e a diminuição da pressão intra-ocular, evitando assim lesões graves ao nervo óptico. É indicada para pacientes nos quais o tratamento clínico com colírios não é o suficiente para controlar o aumento da pressão intra-ocular e reter a evolução do glaucoma, sendo necessário o procedimento cirúrgico.

  • Trabeculectomia
  • Implante de Válvula de Ahmed
Oculoplástica

A Oculoplástica ou Cirurgia Plástica Ocular é a área especializada da Oftalmologia que cuida das alterações das Pálpebras, Vias Lacrimais e Órbitas.

  • Exérese de Calázio
  • Exérese de Cisto de Moll
  • Exérese de pequenas lesões de pálpebra
  • Blefaroplastia Superior e Inferior(tratamento cirúrgivo de Blefarocalase)
  • Simblefaroplastia (tratamento cirúrgico do Simbléfaro)
  • Cirurgia para correção de Ectrópio
  • Cirurgia para correção de Entrópio
  • Dacrioscictorinostomia
  • Reconstituição de Fórnix Conjuntival
  • Sutura de Pálpebras
  • Evisceração de Globo Ocular
  • Enucleação de Globo Ocular
Cirurgia de Retina

A finalidade da cirurgia é recolocar a retina deslocada no local correto.

  • Retinopexia Penumática
  • Retinopexia com Introflexão escleral
Cirurgia da Córnea

A córnea é a parte anterior transparente do olho. A córnea juntamente com o cristalino possui a função de focalizar a luz através da pupila em direção a retina, no fundo do olho. As lágrimas umedecem nutrem as células da córnea. Não possui vasos sanguíneos, mas diversos nervos.

Diversas situações podem afetar a córnea. As principais lesões neste tecido estão ligadas a infecções, bacterianas, virais ou originadas por fungos, além de acidentes com objetos pontiagudos, podem causar sérias lesões e úlceras a córnea.

  • Crosslinking
  • Cirurgia Refrativa
Biópsia

A biópsia é um procedimento feito para a coleta de fragmentos de um determinado órgão ou tecido para análise posterior por um médico patologista. Quando solicitada, a biópsia é parte importante do processo de investigação de uma doença, o que possibilita o diagnóstico e fornece informações que contribuem para a escolha da conduta terapêutica adequada.

  • Biópsia de Conjuntiva
  • Biópsia Córnea
  • Biópsia de Esclera
Cirurgias Relacionadas ao Trauma Ocular

Trauma ocular é o nome da doença causada por acidentes com os olhos que incluem pancadas, perfurações e queimaduras. O oftalmologista deve examinar o olho e determinar se há lesão. Em casos mais graves ou de traumatismo craniano primeiro o paciente deve estar estável para que possa examinado. O oftalmologista vai medir a visão e determinar se o olho foi afetado pelo trauma.

  • Cirurgia para perfuração ocular
  • Sutura de Esclera
  • Sutura de Conjuntiva
  • Sutura de Córnea
  • Retirada de Corpo Estranho da Câmara Anterior do Olho
  • Reconstrução de câmera anterior do olho
Cirurgias da Conjuntiva

A conjuntiva é o revestimento fino e resistente que cobre a parte posterior da pálpebra e se prolonga para trás para cobrir a esclerótica (o branco do olho). É uma camada transparente que serve como proteção de corpos estranhos e de infecções (conjuntivites).As cirurgias conjuntivais são realizadas normalmente para a remoção de pterígio, cistos ou tumores na conjuntiva, transplante da conjuntiva devido a lesão.

  • Exérese de Pterígio

ESTRUTURA

MODERNA

Contamos com um centro cirúrgico próprio e moderno coordenado por um corpo clínico de médicos especialistas em oftalmologia.

Nossa estrutura foi pensada para oferecer uma experiência agradável ao paciente, Com aparelhos de alta tecnologia, ambientes são climatizados, unindo conforto, modernidade e tecnologia em cada espaço.